MENU

Contudo que a humanidade está viver, lembrei-me de fazer este mini projecto em 2021. Quanto de nós temos aquele amigo, conhecido que nós convida para tomar um café? E depois desmarca ou arranja aquelas desculpas quase tiradas de um filme de ficção. Pois é tenho uma pessoa que de vez enquanto faz essa graça e ao que eu respondo por mim, pode ser qualquer dia, hora já que trabalho por conta própria.  O mais engraçado é que esse convite já faz dois anos. Então o que é que fiz? Perguntam vocês, simples somei o preço de um ano a tomar café e adivinhem comprei rolos, Sim rolos de médio formato, mas já lá vamos. Nos tempos que vivemos com tanta tecnologia passamos a vida conectados, Mas desconectados. Passo a explicar deixamos de aproveitar realmente o que importa, estamos presentes mas sem estar. Preocupamos mais em partilhar o que estamos a fazer do que aproveitar-mos o momento que não volta mais. Então voltando a questão dos rolos, somei o valor que da X e mandei vir 50 rolos de médio formato. Basicamente tenho 4 rolos por mês para investir. Investi nuns  que nunca tinha usado Fomopan, têm um ar vintage e claro as nossas memórias são o nosso passado. Ao longo destes meses, fez me abrandar a vida louca que a sociedade hoje nós obriga a viver. Tenho descoberto lugares fantásticos e assistido a pôr do sol espectaculares.  Nesta busca incessante de valorizar mais o meu percurso, visitei sítios que me tinham prometido ir visitar a quase 20 anos, mas o objectivo não é esse.  Notei nas mudanças do mundo, por exemplo  para mim não faz sentindo ir sair ou beber café e a outra pessoa estar de 5 em 5 minutos a olhar para telefone, como um dependente. A espera por mais um plin plin,  em vez de aproveitar a companhia a companhia.

Mas dizem vocês há não é possível estar com certas pessoas. Só vós posso dizer que é possível! Eu fiz e faço 100 quilómetros só para estar com certas pessoas. Não será altura de nós ligar-mos ao que realmente importa? Tantas vezes temos contacto com pessoas que não nos fazem bem e não vamos ter com as que nos fazem crescer. Porque damos desculpas… Não tenho tempo, não tenho dinheiro. Deixa-mos de viver muita vezes muita por medos, medo do que os outros vão dizer, medo de sermos rejeitados. Passamos a ser a personagem secundaria da nossa vida.Enfim este é um mini projecto onde vou mostrar algumas imagens, que me fizeram abrandar e a ver o mundo de outra maneira. Primeiro, depois de fazer a imagem não posso ver logo! Já que tenho que revelar o rolo e é tão bom de voltar a cheirar a química, ser como um artesão que cria algo. Então depois ver as imagens pela segunda vez, pois a primeira vez só vi na minha mente. Deixo vós aqui algumas dessas imagens. O rolo foi revelado em Rodinal 1+25 para quem está agora a descobrir as maravilhas do analógico. Deixem qui os vossos comentários, se querem ler e ver mais ou se simplesmente fiz vós ver o mundo com outros olhos?

Comments
Add Your Comment

CLOSE