MENU

Neste casamento tudo começou diferente, numa semana de loucura do mês de Agosto a época de casamentos em Azeitão, estava em alta. E eu que na véspera tinha tido outro casamento e com receio de me deixar dormir, cheguei duas horas antes ao hotel onde o noivo estava  a  se preparar.  Sim, fiquei duas horas a fazer sala até ser o momento para ir fotografar o Hugo. Comecei por arrumar os acessórios, num local para fotografar, até tirei a televisão do lugar .

Para não aparecer os cabos nas fotos. Entretanto o barbeiro do noivo ia dando, uns retoques na barba do noivo e no cabelo. Fiz várias fotos dos acessórios, separados e depois uma imagem do kit do noivo.

Reparem só-

Passado alguns minutos, chegou a madrinha com dois convidados. Já podem imaginar coloquei a madrinha e os convidados a vestir o noivo, há sempre aquele pormenor, que podem ajudar.

Por exemplo no casaco ajustar a gola. Descemos ao jardim  do hotel xpto e aproveita-mos o jardim para fazer alguns retratos do nubente.

De seguida, parto em direcção a Quinta do Conde, onde estava a nubente Carla, mas tinha se atrasado no cabeleireiro. Assim que chegou era maquilhadora, a montar o atelier dela no quarto e eu a fotografar. Comecei logo a fotografar, sapatos, perfume , liga, aliança. Mas faltava o vestido! E eu não gostava onde estava o vestido , solução pendurei o vestido num candeeiro  que estava a dois metros de altura. Digam lá senão ficou bem.

Depois de fotografar peço a Carla para se aproximar do vestido e admirar o seu vestido de princesa.

Tirou-se o vestido do candeeiro, as meninas vão para o quarto vestir a noiva e depois me chamam. Mas desta vez foi diferente, quando entrei no quarto vejo o saiote em cima de uma cadeira, tinham se esquecido. Toca de sair do quarto, para vestirem o saiote a nubente. Depois fiz alguns retratos da Carla a sair de cada e a entrar no carro.

Parti para igreja,  faço a saída da Leonor a menina das alianças e o menino da placa.

Eles levaram a Carla até ao altar, onde estava o Rui ansiosa a espera.

Na saída da igreja os nubentes tinham me falado  que queria três fotografias especificas, aproveitei e fiz logo duas delas.

E lá fomos nós para quinta, comecei a registar a decoração.

Depois escolhi um lugar para fazer as fotos dos convidados. A seguir ao almoço fizemos uma mini sessão, porque o pôs do sol naquele dia fez gazeta. Mas mesmo assim digam lá senão ficaram giras.

Mas neste casamento aconteceu uma coincidência ou não.

A menina que agarrou o buquê nem passado dez minutos o namorado apanhou a bomba até parecia que estava combinado mas não estava.

Fui registar o bolo do casamento e no final perguntei ao casal se podia mos fazer uma posse.

Preparo-me, faço a luz que eu quero e oiço assim daqui a pouco o fotografo está na piscina.

Depois de verem a foto comentem ai em baixo valeu ou não valeu a pena.

Gostavas de ter o teu casamento, registados de maneira diferente?

Que não fosse mais um!!!

Comments
Add Your Comment

CLOSE
Translate »