Vânia e David: Amor ao anoitecer

A Primavera deu-nos um desconto da chuva e trouxe-nos o dia perfeito para a sessão de namoro da Vânia e do David. Desta vez, o amor chamou-nos a Samora Correia, onde este casal prepara o casamento já para o final de Maio. Como não podia deixar de ser, visitámos alguns dos sítios mais característicos da cidade e dos arredores para fazer as fotografias e o vídeo de making of desta sessão. A magia da luz na água dos arrozais é imperdível e, quando o sol se pôs, o romantismo do coreto foi o palco perfeito para os protagonistas do dia.

Como podem ver, o resultado foi uma sessão fotográfica que teve tanto de tradicional como original. Criámos tanta cumplicidade com este casal que acabámos por nos aventurar e explorar sítios que fazem parte da história de Samora e das pessoas que lá vivem, edifícios carregados de dramatismo, e que fizeram destas fotos uma verdadeira encenação.

david&vania (3 of 12).jpg
david&vania (1 of 12).jpg
david&vania (4 of 12).jpg
david&vania (5 of 12).jpg
david&vania (8 of 12).jpg
david&vania (2 of 12).jpg
david&vania (10 of 12).jpg
david&vania (7 of 12).jpg
david&vania (9 of 12).jpg
david&vania (6 of 12).jpg
david&vania (12 of 12).jpg
david&vania (11 of 12).jpg

Estação Imagem: todos os caminhos vão dar à fotografia

Coimbra recebeu mais uma edição do Prémio internacional de fotografia Estação Imagem, que se estreou a 17 de Abril e se prolonga até 30 de Maio. A decorrer em vários espaços da cidade, trata-se de um evento que reúne alguns dos mais conceituados fotógrafos e fotojornalistas mundiais para promover a fotografia documental.

Michael Nichols  exhibition produced with the support of canon et visa pour l'image

Um dos momentos mais altos do certame é a exposição Uma Vida Selvagem / A Wild Life, de Michael Nichols, uma referência da fotografia animal e natureza no seu estado mais selvagem. A exposição que agora se apresenta ao público é o resultado da sua última parceria com a National Geographic.

Um dos momentos mais altos do certame é a exposição Uma Vida Selvagem / A Wild Life, de Michael Nichols, uma referência da fotografia animal e natureza no seu estado mais selvagem. A exposição que agora se apresenta ao público é o resultado da sua última parceria com a National Geographic.
Um dos momentos mais altos do certame é a exposição Uma Vida Selvagem / A Wild Life, de Michael Nichols, uma referência da fotografia animal e natureza no seu estado mais selvagem. A exposição que agora se apresenta ao público é o resultado da sua última parceria com a National Geographic.

Na cerimónia de atribuição dos Prémios de 2018, que decorreu a 21 de Abril na antiga Igreja do Convento de São Francisco, foram contempladas várias categorias desde o fotojornalismo, ao retrato, do desporto às artes, à documentação de assuntos e temas sociais e políticos. E porque o fotojornalismo é escrever a História, os premiados não puderam excluir os fotógrafos que captaram a devastação que os incêndios causaram em Portugal. Os jurados foram Santiago Lyon, Presidente do júri e director de conteúdos da Adobe em fotojornalismo, Sara Naomi Lewkowicz, fotojornalista cujo trabalho incide sobre a violência doméstica e famílias LGBT, Tanya Habjouqa, fotógrafa documental especializada em temas sociais e de género no Médio Oriente, e Marco Longari, fotojornalista da AFP responsável pela fotografia para toda a África. Todas as fotografias vencedoras podem ser vistas (ou revistas) na Galeria Pedro Olayo (filho) de 2 de Junho a 10 de Julho.

 Marco Longari, Santiago Lyon, Tanya Habjouqa, José Ribeiro

Marco Longari, Santiago Lyon, Tanya Habjouqa, José Ribeiro

 Sara Naomi Lewkowicz, Marco Longari, Santiago Lyon, Tanya Habjouqa , José Ribeiro

Sara Naomi Lewkowicz, Marco Longari, Santiago Lyon, Tanya Habjouqa , José Ribeiro

O fotógrafo, e jurado, Marco Longari é o autor da exposição Até à Morte, patente até 27 de Maio na Galeria Pedro Olayo (filho) no Convento de São Francisco. O autor retrata alguns dos momentos mais duros e sanguinários da sociedade política em África, em que a incerteza de chegar ao dia de amanhã é a única constante. “A violência ofusca o discernimento”, afirma. Porém, as palavras de um manifestante resumem a energia que os sustém “até ao fim. Até à morte”.

Exposição de Marco Longari
Exposição de Marco Longari

Para além da atribuição dos Prémios, este evento promove também várias iniciativas de divulgação e aproximação à fotografia enquanto género documental e artístico: visionamento de documentários e slideshows de fotojornalismo, conferências e workshops. O fotógrafo José Pedro Ludovice Santa-Bárbara, por exemplo, orientou um workshop de retrato num projecto de integração e solidariedade social em que os sujeitos retratados foram idosos de lares da cidade de Coimbra.

Workshop de Retrato
Workshop com Santa Barbara

Dentro de todas as exposições que se podem visitar, destacam-se as Viúvas de Amy Toensing, que podem ser visitadas até 30 de Maio na Galeria Pinho Dinis - Casa Municipal da Cultura. Longe dos olhares da cultura ocidental, há sociedades em que a viuvez é a morte social das mulheres, porque o seu papel é definido pelo marido. Marginalizadas, despojadas da sua vida e família, estão condenadas à morte ou ao isolamento para o fim da vida. No entanto, as novas gerações estão a dar início a uma mudança profunda e, uma vez que os assuntos femininos estão em aberta discussão, esta é uma exposição de particular pertinência.

Exposição Amy Toensing
Exposição Amy Toensing
Exposição Amy Toensing

Na exposição Cristãos no Líbano, a violência deu origem a um retrato deste país que ainda não existia. Patrick Baz abandonou a carreira como fotógrafo de guerra e decidiu regressar ao Líbano, a sua terra natal, só para se encontrar novamente em zona de conflito: grupos islâmicos massacravam cristãos e outras minorias religiosas. E as vítimas olhavam para ele, talvez por ter sido fotógrafo de guerra, em busca da resposta à questão “Será que vamos ter de sair daqui?”. Se é verdade que situações de desespero revelam o pior da humanidade, também podem revelar esperança, devoção e fé que se traduziam em manifestações religiosas crescentes. E isso fez Baz perceber que “não havia um testemunho visual dos Cristãos no Líbano no Século XXI”. Esta exposição é esse testemunho, humano, sem julgamentos, de alguém que se reencontrou com o seu país.

exposição Cristãos no Líbano
exposição Cristãos no Líbano

A Estação Imagem é uma associação cultural sem fins lucrativos criada em 2007 que tem como finalidade estudar, debater e divulgar todos os aspectos da imagem, com particular incidência na fotografia, atribuindo duas bolsas anuais, editando livros, produzindo exposições e criando acervo. Esta é a única entidade em Portugal a organizar anualmente um prémio internacional de fotojornalismo, aberto a fotojornalistas portugueses, dos PALOP e da Galiza, assim como a estrangeiros aí residentes.

Foi um privilégio estar entre colegas e amigos, e contribuir para o sucesso de mais uma edição deste evento.

Marcelo Rebelo de Sousa promove cultura do leite

O Presidente da República encerrou o Fórum “Leite - Produto Nacional de Excelência”, defendendo o consumo do leite através de uma mudança cultural que deve começar com a educação em casa e nas escolas.

_AR_0385.jpg

O evento decorreu dia 3 de Abril, no Palácio do Benagazil, em Lisboa, o edifício sede da CONFRAGI (Confederação Nacional das Cooperativas Agrícolas de Portugal), que organiza este encontro juntamente com a FENALAC (Federação Nacional das Cooperativas de Produtores de Leite). O objectivo é desmistificar algumas das crenças negativas associadas ao consumo do leite, promovendo a imagem do leite e dos produtos lácteos nacionais, em todas as fases da vida do ser humano.

_AR_0643.jpg

Para além de Marcelo Rebelo de Sousa, estiveram presentes o Ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural, Capoulas Santos, o Secretário de Estado e da Agricultura e Alimentação, Luís Vieira, e ainda cerca de 100 pessoas ligadas ao sector entre membros do Governo e responsáveis dos Institutos Públicos que tutelam o sector.

No final, tanto os convidados como a imprensa nacional e estrangeira que esteve presente.

_AR_0462.jpg
_AR_0540.jpg

Iryna Boyko Hair & Beauty: fotografia institucional e imagens promocionais

A imagem do seu negócio é composta por vários elementos: o logótipo, o site e/ou blog, as redes sociais, o cartão de visita, a fachada e as montras, o interior da loja/espaço físico, os materiais gráficos e o estacionário. E todos estes elementos têm de ser produzidos com rigor e coerência visual. É aqui que entra o fotógrafo que, com a sua equipa criativa, define o melhor estilo para comunicar os seus bens ou serviços da forma mais eficaz.

_AR_7689.jpg

O objectivo é criar imagens únicas para transmitir da melhor forma possível o que faz, o que vende, e que serviços oferece. Cada imagem que divulgar no seu site e redes sociais tem de apelar aos seus clientes e cativar muitos outros. Uma boa imagem, personalizada, e que represente bem o seu negócio, é a sua melhor arma para se diferenciar num mercado cada vez mais competitivo. Apostar numa comunicação visual forte e expressiva transmite credibilidade, profissionalismo e segurança, e contribui para atrair potenciais clientes, o que aumenta directamente as suas vendas.

_AR_7691.jpg

Para o salão de cabeleireiro e estética Iryna Boyko Hair & Beauty, em São Bento - Lisboa, o projecto de criação de imagem teve duas vertentes: primeiro, o registo fotográfico em planos abertos para mostrar o espaço e o ambiente; segundo, a fotografia de detalhes e objectos em planos mais fechados para promover a oferta de serviços que este estabelecimento oferece.

_AR_7695.jpg

O ponto de partida é sempre uma visita ao local e reunião com o cliente para saber quais os seus objectivos comerciais e pontos fortes a salientar. Este é um trabalho de equipa que engloba também uma pessoa responsável pela imagem/decoração do espaço. O resultado é um conjunto de imagens que ilustram na perfeição a sua actividade.

_AR_7701.jpg
_AR_7721.jpg

Para além da criação destas imagens, fazemos ainda consultoria e acompanhamento para tirar o melhor partido das suas plataformas de comunicação e rentabilizar estes conteúdos. No caso do salão Iryna Boyko Hair & Beauty, a nossa intervenção estendeu-se à produção dos cartões de visita e lançamento do Facebook. No dia da inauguração, seremos a equipa responsável pelo registo do evento em fotografia e vídeo.

Portugal Fashion FW18: Pedro Pedro

 

Para o terceiro desfile do dia fizemos check-in no “Le Bureau” de Pedro Pedro em que o sportswear dá lugar ao workwear. O designer adopta um novo formalismo que marca uma viragem na sua estética mais casual e desportiva, ainda que as peças se mantenham oversize e de forma algo soltas. Trata-se de um novo conceito de escritório para uma mulher moderna, mais adulta, confiante e interventiva. Algodões, sarjas brutas, lãs grossas e materiais impermeáveis e protectores estão em destaque nesta colecção.

Desfile portugal fashion
Portugal Fashion
_AR_9596.jpg
_AR_9523.jpg
_AR_9534.jpg
_AR_9558.jpg
_AR_9607.jpg

Portugal Fashion FW18/19: Alexandra Moura

O primeiro dia do Portugal Fashion teve lugar no novo terminal de cruzeiros de Lisboa onde sete criadores nacionais apresentaram as suas colecções Outono/Inverno 18/19. As propostas de Alexandra Moura falam de um presente que é feito de um passado, sob o título “I AM” - a história da sua infância até à adolescência, olhares retrospectivos e memórias sobre todas as décadas até ao dia de hoje. Visualmente, inspiram-na filmes como Blade Runner, E.T., Encontros imediatos do 3.º Grau, a melancolia e a poesia do espírito underground de bandas como Jesus and The Mary Chain, The Smiths e My Bloody Valentine. A irreverência de Tupac Shakur envolve a colecção numa sensibilidade crítica à sociedade em que vivemos.

_AR_9372.jpg
_AR_9300.jpg
_AR_9303.jpg
_AR_9308.jpg
_AR_9338.jpg
_AR_9353.jpg
_AR_9379.jpg

Portugal Fashion FW18/19: Susana Bettencourt

O edifício de Carrilho da Graça foi palco para a colecção “Machine after Machine” de Susana Bettencourt. O ponto de partida são as transformações sociais resultantes do rápido progresso tecnológico. E o momento de viragem em que se começa a perder o contacto com o outro dá-se com o aparecimento dos jogos Arcade: dos jogos de rua, passámos para os jogos de vídeo. As mensagens e os grafismos são claras críticas aos robots que a sociedade está a criar. A criadora conhecida pelo seu trabalho com malha continua a parceria com a Fifitex, com quem produz fios únicos e personalizados.

_AR_9391.jpg
_AR_9402.jpg
_AR_9431.jpg
_AR_9445.jpg
_AR_9464.jpg
_AR_9487.jpg

Semana das Ciências Aplicadas à Saúde - SCAS2018

A Associação de Estudantes da Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Coimbra (AE-ESTeSC) promove mais uma edição da Semana das Ciências Aplicadas à Saúde. Trata-se de um evento aberto à população de Coimbra que oferece rastreios médicos e educa para boas práticas na área da saúde.  

Os objectivos deste evento são, no entanto, mais amplos. É também uma forma de integração e formação de alunos, e de dar visibilidade à oferta curricular desta Escola Superior. Sem limite de idade, miúdos e graúdos têm ao seu dispor uma grande variedade de especialidade médicas, com todo o apoio do corpo docente da Faculdade.

_AR_8535.jpg
_AR_8545.jpg
_AR_8563.jpg
_AR_8608.jpg
_AR_8598.jpg

"Farinha Torrada "portuguese pastry

You only need a hand full of ingredients to make “roasted flour”, a pastry as simple as it is delicious. It is said to be originated from Sesimbra, a seashore city south of Lisbon. It was common to bake this sweet because is lasts a long time and still be edible. Fishermen use(d) to take it out to the sea because is caloric and nutritious.

Roasted flour was also used as a popular remedy to strengthen the ill, eaten along with black beer - that back in the days one could only buy at a pharmacy.

Wheat flour, eggs, chocolate, sugar and lemon rasp is all it takes. Mix is all together, put in the oven and you’ve got yourselves an energy booster snack.

Farinha Torrada
Farinha Torrada
Farinha Torrada
Farinha  Torrada

Workshop Salvar Vidas

Coimbra recebeu uma nova formação focada em reanimação na gravidez/parto promovida pelo Conselho Português de Ressuscitação (CPR) no âmbito do Projecto Salvar Vidas.

Esta iniciativa, que abrange o território nacional, tem o objectivo de transmitir conhecimento e boas práticas sobre reanimação à sociedade civil e a profissionais da saúde, para que cada um possa desempenhar um papel eficaz na cadeia de sobrevivência e contribuir assim para “salvar vidas”.

 

Coimbra received another workshop led by the Portuguese Council of CPR. This initiative, called Project Save Lives, aims at the citizens as well as doctors and health professionals, giving them the tools to better perform their job in the survival chain. This event targeted pregnancy/delivery CPR.

_AR_6049.jpg
_AR_6029.jpg
_AR_6045.jpg

Boudoir

Sessões fotográficas de boudoir são uma tendência que ganha cada vez mais adeptos em Portugal. São sobretudo noivas que querem captar estes momentos de intimidade para oferecer aos noivos e futuros maridos. Mas também já há mulheres que desejam estas sessões como forma de valorização pessoal. Realizam-se onde desejar, vestindo a sua lingerie preferida, e decorrem com todo o profissionalismo de uma sessão fotográfica em estúdio. O resultado é muito natural e delicado, realçando a beleza e sensualidade da mulher, em imagens de grande intimidade e romantismo.

 

Boudoir sessions are getting more and more interest in Portugal. Usually requested by brides, they want to capture intimate and sensual images of themselves to surprise their future husbands. The setting is simple: the woman chooses her favorite location and her favorite lingerie. The process is like studio photography and the result is very natural and delicate, focusing on images of beauty and romanticism.

_AR_5163.jpg
_AR_5264.jpg
_AR_5209.jpg

Food

Bread and smoked meats are one of the most typical guests at any portuguese table. We write songs and poems about it, we celebrate them with festivals and we even serve them as offerings in some religious practices and traditions. One could say these two items, along with wine, are deeply connected with the portuguese gastronomic identity.

 

Pão e enchidos, ou carnes de fumeiro, são dois dos convidados de honra em que qualquer mesa portuguesa. Juntamos o vinho, e temos a santíssima trindade da gastronomia portuguesa que marca presença em canções populares. Estamos a falar de personagens principais na cultura gastronómica portuguesa que merecem ser registadas com dignidade. Se tem um restaurante, ou trabalha no ramo da hotelaria e restauração, e a comida é o seu material de trabalho, contacte e agende uma sessão fotográfica. Iremos produzir as fotografias que melhor representam as suas especialidades  e iguarias, para que as possa utilizar para divulgar o seu estabelecimento ou serviço.

_AR_4323.jpg
_AR_4327.jpg
_AR_4337.jpg

Baby Leonor

Photographing babies is such a sweet, delicate and inspiring moment. It’s also challenging because they are our little bosses as their mood dictates the rhythm of the shoot. If there is gonna be any shoot! But I cannot help but be overwhelmed by the amount of hope such a small body helds within. And looking at the parents proves just that because the way they look at their baby is priceless: they want to save this moment forever but at the same time they wish them the world.

27330453_2001654823455172_1804693768_o.jpg
27335973_2001654870121834_443769410_o.jpg
27479965_2001654836788504_1490189269_o.jpg
12.jpg
27267032_2001654856788502_756807507_o.jpg

Spin me round (like a record)

For a fun photo, I give you one of the happiest songs ever. A 1985 dance hit that will get you spinning as fast as this carrousel!

You spin me right round, baby

Right round like a record, baby

Right round round round

You spin me right round, baby

Right round like a record, baby

Right round round round

 

I, I got be your friend now, baby

And I would like to move in

Just a little bit closer

(little bit closer)

 

All I know is that to me

You look like you're lots of fun

Open up your lovin' arms

Watch out, here I come

Auschwitz, 73 years later

What else is left to be said about one of the most horrific times in our History? There is something compelling each one of us to visit, but somehow you don’t feel like a tourist. You feel like a witness and I believe that’s the point.

Keeping those walls and wires up is much more that a moral prison for the world. It’s paying our respects and paying a tribute to those who lost their lives for greed and madness. It’s making sure nobody forgets what men can do to its own kind, despite it is still happening in other parts of the world. That bone chilling feeling is something I will never forget. You cannot help but feel loss and ashamed.